/ funil de vendas

8 Funis de Venda para usar no seu negócio [Digital Hypers #12]

Hoje é dia de trazer mais um post da nossa série especial: Digital Hypers!

Você provavelmente já ouviu falar sobre Funil de Vendas e Funil de Marketing, certo?

E é bem provável também que você utilize essas estratégias na sua empresa ou nas empresas dos seus clientes.

Apesar de serem bastante sólidos, o Funil de Vendas e o Funil de Marketing possuem dezenas e dezenas de variáveis.

Cada tipo pode ser utilizado para determinadas situações, sempre levando em conta três fatores principais:
👉 Objetivos;
👉 Prazos;
👉 Recursos.

Pensando nisso, decidimos listar uma série de variações de funis que você pode começar a aplicar nas suas estratégias de marketing hoje mesmo.

Lembre-se de analisar quais deles fazem mais sentido para a sua companhia e de fazer testes rápidos e contínuos, no melhor estilo fail fast, learn fast.

Vamos lá?

Entendendo o Funil de Vendas

Antes de listar as diversas variações de funis, é legal que façamos primeiro uma breve contextualização sobre o tema, não é?

O Funil de Vendas é um modelo que busca estruturar a jornada de prospectos e clientes, desde o momento em que ele começa a ficar consciente das suas dores, até o momento em que decide comprar.

Esse modelo está diretamente relacionado a outro modelo bastante conhecido no mundo do marketing, o AIDA.


Temos, inclusive, um blogpost falando apenas sobre o modelo AIDA e como ele pode te ajudar a produzir blogposts incríveis. Se quiser dar uma olhada, é só clicar aqui.


O modelo AIDA divide a jornada de compra em 4 momentos:
👉 Atenção
👉 Interesse
👉 Desejo
👉 Ação

A partir disso, foi surgiu o Funil de Vendas, como uma forma de se compreender mais facilmente o quão perto ou distante um prospecto está de se tornar cliente.

Assim, diferentes abordagens podem ser utilizadas para cada tipo de usuário.

O Funil de Vendas é comumente descrito como um processo de três etapas principais: Topo de Funil, Meio de Funil e Fundo de Funil.


Se quiser se aprofundar no tema, temos um Digital Hypers especial no qual falamos apenas sobre como você pode estruturar um Funil de Vendas.

Se quiser dar uma olhada, clique aqui!


E se esse (lindo) tema realmente te interessa e você quer acessar mais alguns conteúdos legais, aqui vão alguns:

👉 Como estruturar um funil de vendas pelo Instagram, onde destrinchamos e explicamos como você pode desenvolver um funil de vendas através de uma das redes sociais mais poderosas do momento, o Instagram.

👉 O que é Growth Hacking?, onde falamos sobre o Funil do Growth Hacking e como ele pode te ajudar a revolucionar o seu marketing.

👉 A Nova Era do Conteúdo Digital, artigo da nossa série Digital Hypers, onde falamos sobre Marketing de Conteúdo e quais os melhores tipos de conteúdo para cada etapa do funil de vendas.


1 - Growth Hacking Funnel

Esse tipo de funil tem crescido bastante nos últimos anos, junto ao crescimento do Growth Hacking.

Ele é bem parecido com o Funil de Vendas tradicional, mas tem algumas etapas a mais.

Esse funil é dividido em 5 etapas e cada etapa possui uma pergunta a ser respondida:

1️⃣ Aquisição
👉 "Como os usuários encontram a sua solução?"

2️⃣ Ativação
👉 "Os usuários tiveram uma boa primeira experiência?"

3️⃣ Retenção
👉 "Os usuários retornam?"

4️⃣ Receita
👉 "Como consigo aumentar o faturamento?"

5️⃣ Indicações
👉 "Os clientes contam às outras pessoas sobre a minha solução?"


2 - The Sales Letter Funnel

Esse é um dos tipos de funil mais conhecidos da atualidade.

Baseado nas tradicionais cartas de venda, esse funil possui uma estrutura baseada em três grandes pilares:

👉 Quem está por trás do produto

👉 A história de quem está por trás do produto

👉 Qual solução aquele produto traz

Esse tipo de funil venderá produtos com ticket médio não tão alto, mas também não tão baixo.

Uma prática comum nesse tipo de funil é a apresentação de upsells ou downsells


3 - The 2-Step Tripwire Funnel

Nesse funil você utiliza um produto de ticket baixo para fazer um upsell de outros produtos.

Um tripwire é um produto de baixo preço tão irresistível que as pessoas tem que comprá-lo (um ebook ou uma checklist robusta, por exemplo).

Após a compra, você usará estratégias de upsell para oferecer aos seus clientes um produto de ticket mais alto (como um curso, por exemplo).

E se eles já compraram de você (o seu produto tripwire) e ficaram satisfeitos, a chance deles comprarem um produto de ticket mais alto é muito maior.


4 - The Invisible Funnel

O funil invisível é um dos mais interessantes dessa lista.

Nesse tipo de funil, você vende aos seus usuários o acesso a um determinado evento (um workshop online, por exemplo, ou um curso), e apenas faz a cobrança depois, se eles tiverem gostado.

Esse tipo de funil funciona pois você oferece bastante valor ao seu prospecto, inicialmente de forma gratuita, e só monetiza o seu conteúdo se ele gostar do que foi oferecido.


5 - The Lead Magnet Funnel

Esse é um dos funis mais conhecidos de todos.

Aqui, você irá oferecer um conteúdo ou produto gratuito em troca do email do seu prospecto, transformando-o em lead.

Esse tipo de conteúdo pode ser de diversos tipos:
👉 Checklists
👉 Ebooks
👉 Vídeos exclusivos
👉 Treinamentos gratuitos
👉 Artigos exclusivos

É legal também automatizar esse processo.

Em uma série de 5 a 7 emails, por exemplo, você pode oferecer diferentes conteúdos gratuitos para seus prospectos, sempre atacando as dores deles.

No fim, é legal oferecer um produto.

Após trabalhar bem o seu lead, você pode oferecer, por exemplo, um tripwire, fazendo uso do funil que citamos ali em cima.


6 - The Auto Webinar Funnel

Esse tipo de funil automatiza o funil de webinários.

Aqui, você insere o seu prospecto em uma trilha de emails, trabalhando o lead e convidando-o para o webinário.

A partir do momento que o usuário se registrar, ele recebe uma data e horário específicos para entrar assistir ao vídeo.

A partir daí é só trabalhar bem no seu roteiro e nos seus poderes de conversão :)


7 - The Ask Campaign Funnel

Esse funil se tornou bem conhecido através do empreendor norte-americano Ryan Levesque.

Ele é baseado em um princípio bem simples.

Tudo começa com uma pergunta bem direta para seus prospectos:
"Qual a sua maior dificuldade ou desafio em relação a..."

A partir das respostas deles, você poderá criar conteúdos, cursos e workshops diretamente voltados às necessidades dos seus prospectos.

Isso vai te ajudar a ver de forma mais clara:

👉 Quais são as principais dores dos seus potenciais clientes;
👉 Quais são as maiores objeções por parte deles;
👉 Quais produtos criar.


8 - The Storefront Funnel

Esse tipo de funil foi especialmente criado para ecommerces.

O seu site principal funcionará como qualquer site de ecommerce tradicional.

A diferença é que, a partir do momento em que um usuário clicar ou adquirir um tipo específico de produto, ele entrará em funil específico.

Imagine, por exemplo, que o seu site venda roupas, tanto masculinas como femininas.

É uma boa dividir seus consumidores em funis diferentes, certo?

Dessa forma, seus leads podem ser bastante segmentados, levando em conta compras anteriores, tipos de produtos, localização, compras acima de determinado valor etc.

Esse funil parece um website de ecommerce tradicional, mas traz consigo muito mais segmentação para seus contatos, ajudando para que sua comunicação seja mais assertiva.


Um detalhe importante para se lembrar é que, não importa o quão bem estruturado ou complexo o seu funil for, de nada adiantará se os seus prospectos acessarem o seu site e ele estiver fora do ar, ou eles não receberem seus emails.

Por isso, é importante que você contrate um cloud server para hospedar seus websites, emails, bancos de dados e domínios.

Com um servidor cloud você possui muito mais segurança e performance nas suas aplicações.

Clique aqui e veja como a Configr pode te ajudar com uma hospedagem cloud automatizada.

Tiago Amaral

Tiago Amaral

Estudante de Publicidade e Propaganda. Apaixonado por escrita e redação, escreve e cria histórias desde sempre e se interessa por assuntos como futurismo, growth hacking e content marketing.

Read More
X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
8 Funis de Venda para usar no seu negócio [Digital Hypers #12]
Share this