Diferença entre CMS e Hospedagem de site

A popularização dos sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS)revolucionou a internet e permitiu que praticamente qualquer pessoa possa ter seu site ou blog sem dificuldades. Com isso, a web se tornou mais rica em conteúdo e muitas pessoas passaram a compartilhar com o mundo os seus mais variados conhecimentos e habilidades.

Apesar disso, muita gente não sabe exatamente o que é um CMS e alguns até o confundem com a hospedagem de site. Essa confusão é natural, pois atualmente existem muitos serviços de hospedagem de blogs que oferecem a construção desses sites com sistemas de gerenciamento de conteúdo incluso.

Assim, a confusão entre CMS e hospedagem foi aumentando porque os novos usuários encontravam as duas coisas unidas em um mesmo ambiente. E se você está com essa dúvida, fique tranquilo porque a diferença entre os dois é bem simples de entender e neste artigo vamos te explicar tudo sobre o assunto, confira!

O que é um CMS?

Para que possamos analisar as diferenças entre hospedagem e CMS, recisamos definir o que cada um significa. CMS é uma sigla para “Content Management System” (ou “Sistema de Gerenciamento de Conteúdo”). Pelo nome já podemos ter uma ideia do que se trata o sistema, que serve basicamente para facilitar a vida de administradores de sites em todo o processo de criação, administração e publicação de conteúdos dinâmicos para a internet.

Com a utilização de um CMS, qualquer pessoa consegue criar um site ou blog rápida e facilmente. Basta escolher a aparência e criar as páginas necessárias sem a necessidade de conhecimentos especiais. Um ótimo exemplo de CMS é o WordPress, o sistema de gerenciamento de conteúdo mais utilizado no mundo. Aliás, existem diversos tipos de sistemas gerenciadores de conteúdo, incluindo aqueles com foco corporativo e educacional. Mas neste artigo estamos falando exclusivamente daqueles com foco na criação de sites e blogs.

Antes da popularização desse tipo de sistema, todo o processo de criação e administração de sites era bastante complicado, exigindo que as pessoas contratassem programadores ou desenvolvessem seus sites por conta própria. Como a maioria delas não sabia programar e nem tinha como pagar um desenvolvedor, muitos acabavam desistindo ou construindo sites amadores, feios e inseguros. Terrível, né?

O que é Hospedagem de site?

Diferente do CMS, a hospedagem não é um sistema que te ajuda na criação dos sites. Ela é um serviço que disponibiliza um servidor para que você armazene seus dados, deixando-os disponíveis para acesso na web. Ou seja, a hospedagem de sites permite que você guarde páginas e aplicações, além de diversos outros arquivos que poderão ser acessados na internet, incluindo músicas, vídeos, imagens e muito mais.

Para entender melhor, vamos explicar o funcionamento de um servidor de hospedagem. O servidor é uma espécie de computador muito potente conectado à internet e repleto de aplicativos que cuidam de toda a parte “técnica” para que um site possa funcionar. Neste computador, existem programas especiais que interpretam as requisições de acesso e fornecem aos usuários uma cópia dos arquivos das páginas do site que eles querem visitar.

Um site construído através de um CMS estará todo dividido em diversos códigos, arquivos e informações armazenadas em bancos de dados. Por isso, uma das tarefas do servidor web é lidar com toda essa quantidade de informações e fazer com que isso possa ser entregue para o usuário, permitindo a visualização do site no navegador. Esse processo é complexo, dependendo dos softwares utilizados e dos equipamentos que compõem este servidor.

Se o servidor de hospedagem for de baixa qualidade (tendo problemas nas suas peças, programas ou na conexão com a internet) o site terá problemas de performance e poderá ficar lento ou até mesmo fora do ar! Além disso, se o CMS utilizado for repleto de erros, seu site também será prejudicado. Pensando em te ajudar a evitar estes problemas, lhe damos abaixo algumas dicas sobre como escolher o melhor CMS e hospedagem para seu site.

Escolhendo a melhor hospedagem

A escolha do serviço de hospedagem deve ser feita com a máxima atenção para evitar problemas futuros. Cada site necessita de um conjunto bem específico de recursos, incluindo bancos de dados, espaço de armazenamento, poder de processamento, memória e muito mais. Por isso, quando escolher, leve em consideração que seu site não pode ficar em um servidor muito fraco ou limitado.

Assim, evite utilizar serviços de hospedagem compartilhada, pois eles são os mais problemáticos em termos de limitação. Isso acontece porque, como o nome já diz, essas hospedagens dividem o servidor entre uma grande quantidade de sites. Ou seja, é como se você dividisse sua casa e internet com centenas de desconhecidos

Com isso, recursos como memória, processamento e internet são divididos entre centenas de sites ao mesmo tempo! O resultado dessa divisão é que seu site pode ficar lento, fora do ar ou até mesmo vulnerável à problemas gravíssimos de segurança.

Uma solução para esse problema é a utilização de um servidor de hospedagem Cloud Server que é bem mais robusto do que um servidor compartilhado, não dividindo seus recursos com ninguém. Em uma hospedagem dessas o seu site terá o que há de mais avançado em tecnologia e poderá funcionar plenamente, ficando online sem quedas ou lentidão 24 horas por dia.

Como escolher o melhor CMS

Como no caso da hospedagem, a escolha do melhor CMS vai ser pautada nos recursos que seu site exigirá. Atualmente existem diversas opções de CMS no mercado, incluindo opções gratuitas com extrema qualidade e recursos tecnológicos avançados. O WordPress é o maior CMS do mundo e atende bem às necessidades da grande maioria dos usuários.

No entanto, existem outras opções famosas e de qualidade, como Joomla e o Drupal. Neste ponto, a dica para a melhor escolha é analisar os recursos oferecidos por eles e comparar com as necessidades do seu site. Veja se o CMS tem um bom suporte e uma comunidade engajada. Além disso, observe se o sistema de gerenciamento de conteúdo recebe atualizações e melhorias constantes.

Outro ponto a ser considerado é a facilidade de uso, pois de nada adianta ter um CMS cheio de recursos e funcionalidades, se ele for muito complicado. Procure tutoriais na internet e veja se o sistema escolhido é compatível com seu nível de conhecimento. Neste ponto o WordPress ganha, pois seus plugins permitem que qualquer pessoa implementerecursos avançados nos sites com poucos cliques e sem exigir conhecimentos especiais.

Conclusão

Como você já deve ter percebido, as diferenças entre hospedagem de site e CMS são bem grandes. Mas essas duas coisas trabalham em conjunto e contribuem para a sua presença na internet. Se uma delas for mal escolhida ou tiver baixa qualidade, toda a estrutura do site poderá falhar e os resultados da sua empresa serão impactados negativamente. Por isso,preste bastante atenção na escolha do CMS!

Além disso, tenha um cuidado especial ao escolher o serviço de hospedagem, pois ela é a estrutura onde seu site ficará apoiado. Lembre-se que um site pode ter o melhor CMS domundo, mas mesmo assim não será capaz de suportar os problemas de uma hospedagemde má qualidade. Isso prejudicará a experiência do usuário, podendo destruir a imagem eos resultados da sua empresa.

Por isso, utilize uma hospedagem Cloud Server que tem o que há de melhor em recursos,garantindo que seu site não sofra com quedas ou lentidão. Fazendo isso, você se certificaráde que seu site tem todos os recursos tecnológicos necessários para cumprir sua missão eencantar seus clientes. Clique aqui e veja como a Configr pode te ajudar!

X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
Diferença entre CMS e Hospedagem de site
Share this