/ revenda

O que é White Label e quais suas principais vantagens

Conheça o modelo de negócio que vai ajudar sua empresa a otimizar tempo e focar no que realmente importa: seus clientes.

Sabe as principais vantagens de obter um software White Label para seu negócio?

Com o White Label sua empresa pode se ver livre de inconvenientes como desenvolvimento, infraestrutura e suporte a usuários. Podendo assim focar totalmente em seus clientes comercialmente.

Com esse modelo de negócio, todos os ônus ficam a cargo da empresa criadora da solução, que lidará com a parte técnica. Legal, né? Se quer saber mais vantagens sobre o White Label continua nesse artigo que vou te falar tudo sobre ele.

O que é White Label?

Antes de continuar a falar das vantagens do White Label, eu preciso te contextualizar sobre ele.

Em linhas gerais White Label nada mais é que um modelo de negócio em que uma empresa proprietária cria uma tecnologia e permite que terceiros possam revender os produtos com sua própria marca e identidade a seus clientes.

Para ilustrar melhor, digamos que a Empresa Alfa fornece serviço de hospedagem em nuvem e a Empresa Beta possui clientes que necessitam, dentre outras coisas, hospedar seus sites, mas a empresa Beta não tem a tecnologia para isso. Em vez de contratar uma equipe interna para desenvolver o serviço necessitado pelo cliente, ela terceiriza os serviços com a Empresa Alfa. Mas, para o cliente final, o produto leva a marca da Empresa Beta, o que fortalece o vínculo entre ela e o cliente.

Esse modelo de negócio, de entrega de produto com cara de serviço, é conhecido como SaaS, no qual usuários se inscrevem e pagam mensalmente por uma licença de uso.

A empresa ainda tem a vantagem de não precisar lidar com a cobranças de hospedagem dos clientes.

Mas White Label parece muito com o modelo de franquias 🤔

Sim, realmente White Label e franquias são modelos bastante parecidos, mas ainda assim há diferenças entre eles.

O primeiro requer menos recursos financeiros e dá mais liberdade para quem contrata, pois diferente do segundo, não existe metas de vendas a serem cumpridas, muito menos porcentagem sobre as vendas realizadas.

É possível afirmar que a principal diferença entre White Label e o modelo de franquias é a flexibilidade para o uso da marca, já que ao aderir a uma franquia sua empresa precisa seguir as orientações da matriz. Com White Label você está livre para personalizar o produto com a cara da sua empresa.

Como surgiu o termo White Label?

O termo tem sua origem na música estadunidense, mas precisamente com o Hip Hop. Com a explosão do gênero no final da década de 1980 a profissão de DJ (Disc Jockey em inglês) se popularizou nos Estados Unidos.

Esses artistas produziam grandes sucessos utilizando trechos de músicas já lançadas, as grandes gravadoras ao perceberem a oportunidade de mercado, começaram a enviar discos a DJs renomados que tinham autonomia para produzirem suas próprias versões e testar a aceitação do público.

Devido a essa liberdade surgiu a expressão White Label, que traduzido literalmente significa “faixa branca”.

Na internet o primeiro registro de White Label é de 2001 quando um varejista de e-commerce cedia telefones para empresas venderem seus produtos e ganharem comissão com a sua própria marca.

Quais as vantagens do White Label?

Como vimos ao longo do artigo, o modelo de negócios White Label traz várias vantagens às empresas. Outros aspectos que podemos destacar, são:

  • Não precisar de conhecimentos técnicos, pois toda essa parte a empresa proprietária da tecnologia disponibilizará;
  • Empresa fica livre para focar em seus clientes e na aquisição de novos;
  • Fortalecimento do vínculo do cliente com sua marca e empresa;
  • Ampliação da carteira de produtos e crescimento na cadeia de valor para o cliente final;
  • Escalabilidade e previsibilidade, já que os valores são de repasse mensal, na maioria dos casos;
  • Rapidez na entrega da solução e aplicação no mercado, afinal a parte do desenvolvimento já está pronta e seu cliente poderá ter o que deseja sem longas esperas;
  • Menos riscos de implementação, pois com uma plataforma desenvolvida por profissionais as chances de problemas técnicos são menores;
  • Liberdade para definir os preços na revenda.

Como funcionam recebimentos e pagamentos?

Como eu disse antes, o White Label, em geral, se enquadra como SaaS, sigla em inglês para Software as a Service. E como um serviço, significa que o cliente não compra a licença do produto, mas sim o direito de usufruir do serviço oferecido.

Talvez você esteja se perguntando “Quem paga pelo serviço é a minha empresa ou o meu cliente?” A resposta para isso é bastante simples e te explico agora mesmo.

Há duas maneiras da revenda dos serviços White Label:

  • Venda direta: sua empresa revende o serviço adicionando margem de lucro e fatura diretamente com o cliente final. Caberá à empresa criadora da solução emitir Nota Fiscal no valor do produto e a sua empresa será responsável pela emissão da Nota Fiscal (valor do serviço + margem de serviço) ao cliente.

  • Venda indireta: é chamado assim quando o valor para o cliente final é exatamente o mesmo cobrado pela empresa criadora da solução. Nesse caso sua empresa que tratará diretamente com o cliente, mas revende o produto sem adicionar qualquer margem e não emite nota fiscal, que ficará sob responsabilidade da provedora dos serviços.

Como você pôde perceber, com a venda direta, o White Label permite que a sua empresa tenha um faturamento extra a cada cliente que comprar a solução ofertada. Afinal, o empresário pode definir a melhor forma de cobrar pelo produto, de acordo com seu mercado e modelo de negócio.

Conclusão

Ao optar pelo modelo White Label você poderá oferecer a seus clientes soluções com a marca da sua empresa, deixando-os mais confortáveis com soluções que, em muitos casos, não estão acostumados a interagir. Dessa forma, eles ficam mais confortáveis em um ambiente amigável com a identidade visual da sua empresa.

O grande barato do White Label é que o cliente não vai saber da existência do desenvolvedor da solução, pois nesse modelo de negócio é possível customizar toda a interface do sistema com a identidade da sua empresa.

Aqui na Configr oferecemos hospedagem na nuvem sem complicação a todas as empresas que querem seu espaço na internet. Por meio do nosso sistema de revenda sua empresa pode oferecer o gerenciamento de cloud da Configr a seus clientes.

E aí, ficou interessado em como o White Label pode ajudar a sua empresa a faturar mais? Confira como funciona o sistema de revenda de hospedagem da Configr e até a próxima! 😄

X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
O que é White Label e quais suas principais vantagens
Share this