/ 2015

3 motivos para seu e-commerce ser m-commerce

Muito se fala do uso de design responsivo para sites se adaptarem a qualquer tamanho de tela, tendo uma boa aparência em computadores, tablets ou smartphones. Basta olhar ao nosso redor para perceber que o consumo de informações através de smartphones se pulverizou.

Mas será que essa popularização também vale para vendas por celular? Será que o investimento na adaptação de e-commerce em m-commerce, vendas feitas por dispositivos móveis como tablets e smartphones, significa retorno imediato em vendas ou podemos esperar as vendas por celular ficarem mais populares para fazer a adaptação?

Trouxemos três motivos para mostrar que seu e-commerce precisa se transformar em m-commerce já!

1 - A barreira dos dois dígitos será quebrada em 2015

Segundo relatório Web Shoppers da e-bit empresas as vendas através de m-commerce representava menos de 1% das vendas totais de e-commerce há três anos atrás mas aumentou para 2,5% dois anos atrás, saltou para 4,8% no começo do ano passado e chegou a 9,7% no começo de 2015.

Isso significa que o m-commerce vai ultrapassar 10% de share neste ano. Então é melhor correr atrás do prejuízo ou você vai deixar de vender para mais de 10% do seu público.

share m-commerce 2015

2 - O perfil do público do M-commerce

Saber que 10% das vendas são feitas por dispositivos móveis não te impressiona?

Então saiba que essa fatia do mercado tem um perfil bem diferente do e-commerce tradicional. Na mesma pesquisa Web Shoppers foi levantado o perfil do consumidor m-commerce e ele tem renda média de R$6.128,00 contra uma renda média de R$4.378,00 do consumidor geral de e-commerce.
renda m-commerce 2015

Essas informações tem duas aplicações, uma de curto prazo e uma de médio prazo.

No curto prazo significa que se você quer vender para classe A e B o momento é agora porque representam 62% do público de m-commerce.

Já a penetração nas classes C e D que hoje é de 27% no m-commerce mas deverá aumentar e se aproximar dos números de e-commerce, onde eles representam 44% do total de vendas. Isso significa que no médio prazo teremos a fatia que representa a maior parte da população brasileira entrando no m-commerce, o que significa que o share do m-commerce sobre o e-commerce ainda vai crescer muito.

Busca orgânica do google

O Google anunciou em Abril de 2015 que sites que não sejam responsivos vão perder posições no ranking de busca.
A ideia é que as pessoas encontrem nas primeiras posições do Google não apenas o conteúdo relevante que elas buscam mas também a certeza que o conteúdo seja simples de ler.

X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
3 motivos para seu e-commerce ser m-commerce
Share this