/ backup

5 configurações básicas de WordPress e WooCommerce que muita gente esquece

Logo após instalar o WordPress e WooCommerce no servidor queremos escolher um tema bonito e instalar plugins que fazem as mais diversas firulas porém muitas vezes esquecemos de focar em configurações básicas e que trazem resultados imediatos.

Por isso separamos 5 configurações básicas de WordPress e WooCommerce que acabam passando despercebidas mas que são extremamente importantes para aumentar as visitas e diminuir o trabalho e a dor de cabeça diárias.

1. Utilizar URLs amigáveis

Alterar a configuração para usar URLs amigáveis no WordPress vai ajudar suas páginas a terem melhores posições na busca do Google e a configuração é simples e rápida.

Por padrão o WordPress cria URLs com números como configr.com/blog/?p=498 mas em três cliques você pode alterar e utilizar o próprio título do post na URL ficando como https://configr.com/blog/compra-woocommerce-wordpress-2/.

Para alterar vá em Settings->Permalinks. Clique na opção "Post Names" e então "Save Changes". Pronto! Esta simples alteração vai melhorar muito o posicionamento das suas páginas e posts no Google.

2 - Configurar seu Sitemap

Essa é uma dica importante para novos sites porque vai ajudar o Google e outros mecanismos de busca a encontrar todas as páginas do seu website.

O Sitemap é um documento que contém uma listagem de todas as páginas do website, facilitando o trabalho dos motores de busca como o Google ou Bing que não vão precisar vasculhar todo o site para encontrar as páginas que vão ser exibidas nos seus resultados.

Para facilitar esse trabalho, existem alguns plugins como o Google XML Sitemaps e o WordPress SEO by Yoast que fazem todo o trabalho pesado do sitemap automaticamente.

Depois de criar o sitemap é necessário avisar o Google da existência dele. Para isso, basta um rápido cadastro no Google Webmasters Tools. Após o cadastro você vai apontar onde está o sitemap do seu website e através dessa ferramenta será possível verificar se ele está funcionando corretamente.

3. Configurar o cache

Configurar o cache é uma excelente maneira de melhorar o desempenho do website, diminuindo seu tempo de resposta e melhorando seu posicionamento nos sistemas de busca como Google.

Semana passada publicamos no blog o quão importante é ter uma boma configuração de cache, tanto no servidor quanto no website. Aqui vale lembrar que você tem um website gerenciado pela Configr, todas as configurações de cache no servidor já estão funcionamento automaticamente. \o/

Veja como configurar cache no WordPress.

4. Comentários e Anti-spam

Quem tem um site ou blog com comentários abertos sabe como é chato ter que moderar comentários e excluir spam, então uma sugestão é utilizar outros plugins de comentários que facilitam bastante esse trabalho como o Facebook Comments ou o Disqus.

Mas se você prefere utilizar a caixa de comentários do próprio WordPress então é preciso ativar a moderação de comentários e utilizar plugins anti-spam. Se precisar de ajuda, nesse link você encontra um tutorial de como configurar e instalar o anti-spam.

5. Se proteger configurando backup

Todo mundo sabe a importância do backup mas ninguém gosta de fazer porque é uma tarefa repetitiva que gasta um tempo que podia ser melhor empregado em outras tarefas como desenvolver novas features para seu produtos, escrever posts no blog e vender produtos no WooCommerce! Entretanto backup é importante e você precisa gastar um tempo para cuidar disso no início.

6. Primeiros passos LOGO após a instalação (BONUS)

Após a instalação do WordPress e do plugin WooCommerce, certifique-se de apagar os plugins e temas que não serão utilizados e os exemplos de páginas e posts que são criados com o WordPress. Eles servem para mostrar o funcionamento básico do seu website mas podem deixar seu mais pesado e com conteúdo irrelevante.

X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
5 configurações básicas de WordPress e WooCommerce que muita gente esquece
Share this