/ subdominios

Como subdomínios podem aumentar a performance da sua agência

O aumento de performance é um objetivo de pessoas comprometidas com o sucesso, não importando quantos resultados elas já tenham alcançado e nem o tipo de negócios que possuem.

Estar sempre em busca de recursos para aumentar o desempenho de seus empreendimentos é uma postura comum entre os homens de negócios mais bem-sucedidos da história.

Se você tem uma agência digital, é provável que esteja constantemente alterando estratégias e conteúdos visando conseguir cada vez mais conversões, não é mesmo?

Então saiba que existem outras soluções que podem aumentar a performance da sua agência e que você pode estar deixando de usar!

Uma dessas soluções, negligenciada por muitos, é a utilização de subdomínios nos sites.

Essa prática traz inúmeras vantagens para as empresas, impactando positivamente nos resultados das suas campanhas publicitárias!

É difícil acreditar que tem gente perdendo oportunidades como essa, né?

Muitos nem imaginam que a utilização de subdomínios pode ser uma técnica de aumento de performance e isso acontece pela falta de conhecimento dos benefícios que os subdomínios oferecem.

Este artigo foi escrito para acabar de vez com esse problema, explicando tudo sobre o assunto. Então sem mais delongas, vamos lá!

Afinal, o que são domínios e subdomínios? 🤔

A grosso modo, quando falamos do domínio de um website, estamos falando do nome exclusivo dele. Aquele que você digita no navegador quando quer acessá-lo.

Os nomes de domínio estão presentes no dia a dia das pessoas, servindo para reduzir a dificuldade no acesso de um site.

Se você quiser acessar o site da Configr, por exemplo, irá digitar https://www.configr.com ou https://configr.com no seu navegador, certo?

Você sabia que se não existisse o domínio para facilitar esse acesso, você precisaria digitar vários números (conhecidos como IP) para acessar os sites.

Imagine digitar por exemplo 52.41.47.56 todas as vezes que você quisesse acessar um determinado site?

Seria complicado memorizar todos esses números, né?

E você pode se perguntar qual o motivo do IP ser composto por números complicados e não pelo nome do site.

A questão é que o endereço IP (Internet Protocol Address ou Endereço de Protocolo da Internet) é atribuído a cada dispositivo conectado à internet e precisa ser único para cada um.

Além disso, sua numeração é proposital e suas partes identificam a Rede e o Host dentro dela.

O domínio existe para evitar que você precise memorizar e digitar todos esses números na hora de acessar um site, além de oferecer diversos outros benefícios.

Ele serve como um nome exclusivo que aponta para o endereço IP do servidor onde o site está hospedado e quem faz a conversão desse nome para o IP do servidor de hospedagem do site é o DNS (Domain Name System ou Sistema de Nomes de Domínio).

A anatomia do domínio 💻

O domínio é composto por algumas subpartes, cada uma delas tem uma função própria e vamos analisá-las utilizando o exemplo da URL do nosso site: https://www.configr.com


👉 HTTPS (Protocolo de rede, sigla para Hypertext Transfer Protocol Secure)

O Protocolo, neste caso, é o HTTPS. Ele declara basicamente como o seu navegador deve se comunicar com o servidor para acessar o site.

O protocolo HTTPS é um pouco diferente do HTTP, mas não existem somente estes dois, temos muitos outros! ( FTP, SMTP, IMAP etc. )

👉 Nesse artigo aqui falamos sobre a importância de se ter um site com https


👉 WWW (Subdomínio, neste caso é sigla para World Wide Web)

Aqui vemos o subdomínio, que é basicamente uma subdivisão do domínio principal, podendo indicar partes diferentes do site.

Por exemplo, se ao invés de WWW estivesse BLOG, ficando https://blog.configr.com, ele estaria direcionando o visitante para o local onde o blog da Configr está instalado - onde você está lendo este artigo!


👉 CONFIGR (Nome de domínio)

O nome de domínio é o nome único que identifica o website na internet.

O servidor DNS “traduz” esse nome para o endereço IP do servidor onde o site está hospedado e direciona o visitante sem que ele precise acessar o site por meio do endereço IP.


👉 COM (Extensão, chamada de TLD que é sigla para Top-Level Domain)

Este é o TLD, domínio de topo ou domínio de nível superior.

Essa parte do domínio vai servir para identificar diversas coisas sobre o site, como o país onde ele está registrado, infraestrutura, etc.

Quem cuida e distingue entre os diversos TLDs é a IANA ( Autoridade para Atribuição de Números na Internet).


Agora que entendemos a “anatomia“ do domínio, fica clara a importância do subdomínio.

Ele serve para fazer uma ramificação do domínio principal, direcionando o visitante para diversas partes do servidor ou até mesmo para um novo servidor, permitindo que você possa ter aplicações ou sites separados dentro de um domínio principal.

Com o uso de subdomínios você pode separar seu site dos seus e-commerce, servidor de emails, blog, aplicações etc.

Além disso, é possível adicionar um subnível ao subdomínio, permitindo que você faça uma separação dele.

Um bom exemplo é o de uma Loja Virtual com diversas categorias. Nela, você poderia criar o subnível “Livros” para o subdomínio “Loja”, direcionando o usuário à esta categoria de livros: https://livros.loja.seudominio.com


Neste artigo explicamos como você pode criar um subdomínio de forma extremamente prática com a plataforma da Configr 😄


Os benefícios dos subdomínios para a performance

Como podemos ver ao analisar a anatomia do domínio, quando criamos um subdomínio acabamos “criando um novo site” dentro do nosso domínio principal.

Isso oferece mais organização para a sua agência, podendo alocar melhor as diferentes aplicações do seu site e facilitar o acesso dos seus clientes.

Liberdade para múltiplos servidores

Você pode criar subdomínios ilimitados, tendo liberdade para criar uma infinidade de áreas em seu domínio principal.

Se você precisa de um e-commerce hospedado separadamente do servidor do seu seu blog, é possível hospedar a loja em um Cloud Server diferente, por exemplo.

Assim, a sua empresa poderá usar um subdomínio que aponte para o servidor dessa loja virtual e se tudo for configurado corretamente, o usuário nem perceberá que o site principal e a loja estão em servidores diferentes. Afinal, o domínio principal será o mesmo! Legal, né?

Organização e múltiplas aplicações

Cada subdomínio permitirá o direcionamento para uma aplicação ou subdiretório diferente do domínio principal, permitindo que você tenha maior organização e segurança em suas aplicações.

Essa organização permite, por exemplo, a separação de cookies por subdomínios, evitando que ocorram conflitos na execução de múltiplas aplicações.

Se ao invés de utilizar um subdomínio, você utilizasse um subdiretório para instalar uma aplicação igual a alguma previamente instalada, essa separação não garantiria que erros e conflitos entre as duas aplicações fossem evitados.

Os subdomínios também permitem que a instalação de novas aplicações seja feita de modo mais fácil.

Sites em diversas línguas, por exemplo, podem ser separados com a sua utilização. Além disso, eles permitem que sua agência possa separar os múltiplos segmentos em que atua, sob um mesmo domínio principal.

Diferenciação pelos mecanismos de busca e SEO

Subdomínios são vistos pelos mecanismos de busca como sites diferentes do domínio principal.

A princípio isso pode parecer ruim para SEO, né?

No entanto, isso abre diversas oportunidades, como a segmentação! Assim, você poderá ter diferentes sites de segmentos sob um mesmo domínio principal e, com os subdomínios, separar suas autoridades conforme o segmento desejado.

Essa separação de “autoridade” para cada subdomínio é uma boa oportunidade para agências que trabalham com blogs ou sites de nichos diferentes.

Com isso, essas agências podem efetuar trabalhos de otimização para mecanismos de busca (SEO) diferentes para cada subdomínio e para o domínio principal.

Exemplos de subdomínios

Agora que já vimos como você pode se beneficiar com o uso de subdomínios, vamos analisar alguns exemplos de uso deles na prática:

Configr

A Configr é referência em soluções otimizadas e acessíveis de hospedagem em Cloud Servers de alto nível.

Apesar do nosso site institucional oferecer serviços, tecnologias e recursos, nós também temos esse blog que contém artigos e informações relevantes para você!

Como trabalhamos visando sempre a otimização, a segurança e a performance, também utilizamos subdomínios para separar o blog do site institucional.

Site institucional: configr.com

Blog da Configr: blog.configr.com

Login na plataforma de gerenciamento: beta.configr.com

Google

A Google possui o mecanismo de busca mais utilizado no mundo, contando com diversas aplicações, como o Google Docs e o Google Adwords. Seguindo as boas práticas de segurança, performance e otimização, ela também separa suas aplicações utilizando subdomínios.

Mecanismo de Busca: google.com

Google Docs: docs.google.com

Google Adwords: adwords.google.com

Ideias de subdomínios para sua agência

Como podemos ver, a sua agência pode se beneficiar com o uso dos subdomínios e chegou a hora de colocar em prática tudo o que foi aprendido neste artigo.

Vamos te dar algumas ideias para que você crie subdomínios agora mesmo, podendo usufruir desse ótimo recurso na sua agência.

Ideias de Subdomínios

👉 Para seu Blog: blog.domínio.com

👉 Para seu Portfólio: portfolio.domínio.com.br

👉 Para seus Materiais: materiais.domínio.com.br

👉 Para seus Cases: cases.dominio.com.br

E aí, gostou dos subdomínios sugeridos? Use sua criatividade e coloque em prática tudo o que você aprendeu sobre o assunto. Com certeza há oportunidades em sua agência onde o uso dos subdomínios fará a diferença!

Conclusão

Com a leitura deste artigo, aprendemos que a utilização de subdomínios como estratégia de aumento de performance é algo realmente importante.

Muitas pessoas perdem ótimas oportunidades de aumentar seus resultados diariamente, e como disse George Eliot (pseudônimo de Mary Ann Evans, uma grande romancista britânica): “neste mundo, são aqueles que aproveitam a oportunidade que têm as oportunidades”.

Se você não sabe como criar um subdomínio, pode ficar tranquilo! Aqui na Configr temos um tutorial ensinando aos nossos clientes! Clique aqui, aprenda agora a criar um subdomínio e use essa oportunidade de otimização à favor da sua empresa!

Tiago Amaral

Tiago Amaral

Estudante de Publicidade e Propaganda. Apaixonado por escrita e redação, escreve e cria histórias desde sempre e se interessa por assuntos como futurismo, growth hacking e content marketing.

Read More
X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
Como subdomínios podem aumentar a performance da sua agência
Share this