/ cloud

O que é o consumo de Memória do seu Cloud e o que pode impactá-lo

Não se assuste com o consumo de memória do seu cloud server! Saiba tudo sobre ele aqui!


A memória é um componente essencial para qualquer tipo de computador e sua importância também é vital para os Cloud Servers.

O consumo de memória RAM é um dos pontos de maior importância na análise do desempenho do servidor Cloud, servindo como indicador de performance das suas aplicações.

Através da análise das métricas do consumo de memória do Cloud Server, você poderá observar se o seu servidor está configurado e dimensionado de maneira coerente com as necessidades do seu site e demais aplicações.

Diversos fatores podem impactar nesse consumo de memória, como:

👉 Aplicações não otimizadas;
👉 Requisições excessivas ao banco de dados;
👉 Aplicações muito robustas e com grandes necessidades.

Se você não sabe exatamente o que é memória RAM e não conhece os fatores que impactam nesse consumo, pode ficar tranquilo!

Neste artigo você aprenderá o que é o consumo de memória do seu Cloud, quais fatores aumentam esse consumo e como suas aplicações podem sofrer com um eventual consumo excessivo de recursos!

O Cloud Server e seus benefícios ☁️

Reduzindo limites e derrubando barreiras, a tecnologia Cloud (computação em nuvem) tem um impacto muito positivo para agências e consumidores.

O crescimento da utilização de serviços baseados nesse conceito tecnológico tem sido enorme e a escolha de migrar das velhas hospedagens compartilhadas para serviços de Cloud Server oferece diversas vantagens.

A utilização de Cloud Server para hospedagem de sites e demais aplicações traz grande liberdade para as agências, reduzindo seus custos com infraestrutura, fornecendo alta performance com maior segurança e escalabilidade para aplicações e websites.

Esses benefícios impactam diretamente nos resultados das agências, que passam a ter sistemas mais estáveis, seguros e clientes cada vez mais satisfeitos. Legal, né?

Essas vantagens tem origem no próprio conceito de computação em nuvem, no qual você utiliza recursos e infraestrutura de diversos servidores por meio da Internet para que suas necessidades sejam sanadas.

Seguindo esse conceito de tecnologia, um Cloud Server oferece ao seu site ou aplicação a capacidade de ser executado em um servidor extremamente robusto.

Assim, ele terá um grande poder de processamento e poderá utilizar muito armazenamento, memória, rede e muito mais.

Todas essas vantagens do Cloud Server são ótimas se utilizadas corretamente, mas você precisa estar ciente de que a utilização incorreta pode impactar negativamente os resultados da sua agência.

Afinal, ter um carro veloz e usá-lo de maneira incorreta, sem conhecer e respeitar seus limites, pode fazer com que ele não tenha o desempenho esperado, né?

Conhecendo a memória e seus tipos ⚙️

Em termos gerais, memória (em informática), é um dispositivo que permite o armazenamento de dados, temporariamente ou permanentemente, pelo computador.

Existem diversos tipos de memória, tendo duas categorias principais: as memórias principais e secundárias.


Memórias Principais

👉 As memórias principais podem ser endereçadas diretamente pelo processador, armazenando dados necessários para que ele os utilize dentro de um período de tempo.

👉 Elas são essenciais para o funcionamento do computador e temos as memórias RAM e Cache como exemplos de memória principal.

Memórias Secundárias

👉 As memórias secundárias são capazes de fazer um armazenamento permanente dos dados, não permitindo que o processador acesse estes dados diretamente.

👉 Assim, estes dados precisam ser carregados em uma memória principal, como a memória Cache ou a RAM, por exemplo. Um bom exemplo de memória secundária é o HD (disco rígido).


Quando falamos de consumo de memória do Cloud Server, precisamos entender de que tipo de memória estamos falando, afinal existem vários, certo?

No Cloud Server, a métrica de consumo de memória RAM não trata somente do consumo da memória física, ela engloba também as memórias Cache e Swap. Vamos conhecer um pouco mais sobre elas? 👇

Memória RAM, Cache e Swap

A memória RAM é uma das mais conhecidas, sendo utilizada como memória primária e permitindo leitura e escrita pelo processador.

RAM é uma sigla para Random Access Memory (memória de acesso aleatório) e o próprio nome já diz bastante sobre sua natureza.

Ela é volátil e os dados não continuam nela se sua fonte de alimentação for desligada. Além disso, ela armazena os programas que estão em execução (sendo processados), oferecendo rápido acesso a eles por parte do processador.

Sendo a memória RAM o tipo de memória que o processador utiliza para fazer as coisas funcionarem rapidamente (junto da memória Cache), o sistema apresenta lentidão quando ela está com pouco espaço disponível, prejudicando seu desempenho.

Quando estas duas memórias estão sobrecarregadas, o servidor fará uso da memória Swap para armazenar e resgatar os dados.

Esta memória fica localizada em uma parte do disco rígido, agindo como uma última barreira antes do travamento do sistema.

Mas afinal, o que pode afetar o consumo de memória RAM? 🧐

Como o Cloud Server tem recursos potentes, ele suporta as necessidades do seu sistema operacional e demais processos próprios tranquilamente, permitindo que suas memórias não fiquem facilmente sobrecarregadas.

Com isso, a sobrecarga evidenciada pela métrica da memória RAM do servidor (memória física, cache e swap) é um sinal de que alguma coisa não está funcionando corretamente, o que exige uma análise mais profunda.

Em alguns casos, a causa do consumo excessivo de memória é o próprio site ou aplicação hospedada no servidor.

Podem existir, por exemplo, erros no desenvolvimento do código da aplicação ou falta de otimização do código fonte. Códigos sem otimização podem gerar erros, aumentando o consumo de recursos.

Uma boa solução para evitar esse problema é a utilização de um bom framework em PHP, como o Laravel, para a implementação de suas aplicações.

Entre os erros mais comuns das aplicações se destacam:

👉 Loops;
👉 Utilização de funções depreciadas;
👉 Excessos de requisições ao banco de dados.

Pode acontecer também da aplicação estar otimizada e mesmo assim sobrecarregar o servidor.

Esses casos costumam acontecer em hospedagens subdimensionadas ou de má qualidade, inadequadas para as necessidades de uso da aplicação.

Por isso é importante observar a qualidade e configuração do seu servidor de hospedagem, contratando Cloud Servers confiáveis e evitando a utilização de hospedagens compartilhadas.

Fazendo isso, você garante que os recursos do servidor contratado sejam adequados às necessidades do seu site.

Aplicações também podem afetar o consumo de memória RAM? 🤔

No entanto, nem toda sobrecarga de consumo de memória tem origem em códigos mal otimizados.

Ferramentas úteis e confiáveis também podem exigir bastante do servidor e não é incomum que isso aconteça!

Algumas aplicações são muito robustas, tendo muitas funcionalidades e necessitando de servidores capazes de suportá-las.

Ferramentas de automação de marketing, como o Mautic, podem consumir bastante memória.

Além disso, é comum que sistemas de e-commerce, como o Magento, precisem de bastante recursos para funcionar adequadamente.

Sites em WordPress que possuam muitos plugins e uma grande quantidade de acessos também podem sofrer com o excesso de consumo de recursos.

Uma boa solução para saber com mais detalhes o que está causando o aumento de memória no seu cloud é utilizar o New Relic, um plugin pago de monitoramento e análise de aplicações. Neste tutorial explicamos como você pode instalar o New Relic no seu cloud.

Utilizando servidores na nuvem de maneira otimizada ✔️

Não deixe de usar ferramentas profissionais e completas devido ao consumo de memória que elas representam.

Invés disso, utilize Cloud Servers dimensionados corretamente para as necessidades das suas aplicações e ferramentas.

Assim você não sofrerá com sites lentos e problemas de sobrecarga.

Utilizando a tecnologia Cloud, você poderá utilizar suas aplicações com o máximo potencial, permitindo que a sua agência se beneficie de todos esses recursos.

Essa é a beleza da tecnologia de servidores na nuvem, a capacidade de adaptar o servidor às suas necessidades de maneira prática e acessível, possibilitando que sua agência possa estar presente na Web com todo o seu potencial, oferecendo sempre o melhor aos seus clientes e usuários.

Tiago Amaral

Tiago Amaral

Estudante de Publicidade e Propaganda. Apaixonado por escrita e redação, escreve e cria histórias desde sempre e se interessa por assuntos como futurismo, growth hacking e content marketing.

Read More
X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
O que é o consumo de Memória do seu Cloud e o que pode impactá-lo
Share this