Dominando e Otimizando URLs

A otimização de URLs é bastante eficaz para melhorar os resultados das páginas dos sites.

Afinal, isso impacta positivamente no posicionamento dos sites nos mecanismos de busca, além de melhorar a experiência do usuário e as taxas de compartilhamento, gerando mais engajamento.

Links com códigos confusos impactam negativamente a experiência do usuário por serem difíceis de memorizar e gerarem desconfiança no usuário comum.

A solução para esse problema é a otimização com URLs amigáveis que, como o nome já diz, são amigáveis para os usuários e para os mecanismos de busca.

Neste artigo você irá aprender tudo sobre este assunto e sobre como utilizar esse recurso no seu site de maneira rápida e fácil!

Entendendo os benefícios da otimização de URLs

Você lida com links diariamente, seja para acessar sua rede social favorita ou para verificar as últimas notícias do seu time de futebol.

Para acessar nosso blog, por exemplo, você digitou ou clicou no seguinte link: https://configr.com/blog/

A URL é uma sigla para Uniform Resource Locator, que significa Localizador Uniforme de Recursos e serve para que você possa acessar páginas específicas da Internet.

Sua estrutura contém diversos elementos, como protocolo, subdomínio, domínio, caminho, query etc.

Sem adentrarmos em detalhes muito técnicos, a URL informa como e onde o computador deve se conectar com o servidor de destino para acessar e te mostrar a página do site que você deseja ver.

Vamos analisar agora dois exemplos de URL, uma sem otimização e outra otimizada e amigável:

Não otimizada:
configr(.)com/blog/article.php?id=xyz3666855&v=fbe7ce370&language=pt

URL amigável:
configr(.)com/blog/5-otimizacoes-para-wordpress/

O primeiro link é confuso e contém diversos parâmetros estranhos ao usuário comum.

Além disso, ele não contém o assunto da página, impossibilitando que você saiba de antemão do que se trata o site.

Isso pode te fazer desistir de acessá-lo caso alguém compartilhe o link, não é mesmo? Afinal, você não sabe do que se trata, podendo ser até mesmo algo malicioso. Ou seja, esse tipo de URL é um desastre!

A primeira URL é ruim para SEO, pois os mecanismos de busca não dão prioridade a este tipo de link, que é confuso até mesmo para eles.

Além disso, este tipo de endereço geralmente tem uma menor taxa de conversão (CTR) nos mecanismos de busca por causar desconfiança no usuário.

Outro ponto negativo de SEO desse link é a ausência da palavra chave do artigo e a falta de uma hierarquia definida!

Isso faz bastante diferença em termos de otimização para mecanismos de busca.

Basta uma pesquisa no Google para você observar que as URLs amigáveis com palavra chave estão melhor posicionadas.

Como esses problemas impactam diretamente na experiência do usuário e no posicionamento nos mecanismos de busca, algumas medidas foram adotadas para evitá-los.

Agora, práticas de otimização na criação das URLs, tornando-as amigáveis e eliminando dados “obscuros”, são utilizadas sempre que possível.

A segunda URL deixa evidente que a utilização de links amigáveis traz diversos benefícios, sendo mais simples de entender e mostrando de antemão o assunto da página.

Afinal, o título do artigo está no próprio link!

Isso elimina suas resistências em clicar, né?

Além disso, será muito mais fácil lembrar dela quando for preciso acessar o artigo novamente.

A utilização de links otimizados tem importância inegável e impacta diretamente no sucesso da sua página.

A prática aumenta as taxas de conversão do seu site nos mecanismos de busca, melhora o posicionamento dele e gera maior taxa de compartilhamento.

As boas práticas na criação de URLs amigáveis

Para que um link se torne amigável é preciso observar algumas práticas recomendadas, pois a simples adição do título ou palavra-chave do artigo não garante o resultado desejado.

O título do artigo, se adicionado à URL, não pode conter símbolos, caracteres especiais ou acentos.

Além disso, os espaços devem ser substituídos por hífens e as letras devem ser minúsculas, sendo ideal que o link seja o mais curto possível.

Para converter o título ou palavra chave do artigo em texto amigável, deve-se fazer um processo de substituição de caracteres nele (criando um slug).

O slug é a parte de uma URL legível tanto para humanos quanto para mecanismos de busca, sendo obtido por um simples processo de substituição de caracteres.

Para que você compreenda melhor, vamos analisar um exemplo de slug.

Se você tem uma página com o título: “Soluções Para Evitar Desperdício Doméstico” e quer adicionar este título na URL amigável, deve transformar este título em um slug, obtendo o seguinte resultado: “solucoes-para-evitar-desperdicio-domestico”.

Bem simples, né?

Existem casos em que é necessário passar parâmetros especiais no link ( códigos de produto ou outras informações).

Nesses casos, deve-se adicionar o parâmetro tornando ele o mais amigável possível. Como no exemplo acima, se precisássemos passar um código numérico como parâmetro, a URL poderia ficar assim: https://seusite.com.br/solucoes-para-evitar-desperdicio-domestico/33/

Apesar do parâmetro numérico estar ali, a estrutura da URL garante que ele não prejudique muito a legibilidade.

Mesmo assim ele atrapalha um pouco e só deve ser adicionado em casos de extrema necessidade!

O mesmo pode ser feito com parâmetros de texto, no caso de caminhos para diretórios ou categorias da página.

Achou complicado esse processo e está pensando que talvez seja muito trabalhoso fazer essas alterações? Deixe isso de lado e fique tranquilo!

Se você utiliza um CMS, como o WordPress, fica muito fácil fazer essa otimização. Vamos lhe ensinar agora como fazer isso de maneira rápida!

Otimização de URLs na prática

Se você utiliza o WordPress, a solução já está ao seu alcance em poucos cliques!

Esse CMS já possui a funcionalidade padrão necessária para que suas URLs sejam amigáveis.

Para encontrar diversas opções de link, basta que você acesse seu painel de controle, ir no menu à esquerda, clicar em Configurações e depois em Links Permanentes.

Opções - WordPress

Se a sua empresa utiliza algum outro CMS, ou até mesmo um CMS customizado, você precisará verificar com seu desenvolvedor como ficaria a disponibilidade para alterar o padrão das URLs.

Mas fique tranquilo, pois geralmente essas alterações são simples se você estiver utilizando um CMS profissional.

Voltando ao WordPress, existem plugins que podem lhe auxiliar nesse processo caso você sinta necessidade de opções mais elaboradas.

Em alguns casos recursos como otimização da URL para SEO ou até mesmo redirecionamentos 301 podem ser necessários.

Seja qual for a sua necessidade, existem diversos plugins que ajudam nessa questão, como o Yoast SEO, Redirection e 301 Redirects.

Conclusão

Como podemos observar, a otimização de URLs impacta bastante nos resultados dos sites e a negligência com esse tema pode custar muito caro.

Utilizar links amigáveis pode trazer inúmeros benefícios, como aumento nas visitas, melhor experiência do usuário e melhoria no ranqueamento em mecanismos de busca.

Tudo isso pode alterar os resultados da sua empresa, portanto deve-se dar a devida atenção a este recurso de otimização.

Tiago Amaral

Tiago Amaral

Estudante de Publicidade e Propaganda. Apaixonado por escrita e redação, escreve e cria histórias desde sempre e se interessa por assuntos como futurismo, growth hacking e content marketing.

Read More
X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
Dominando e Otimizando URLs
Share this