/ email marketing

E-mails na caixa de Spam nunca mais! Veja essas 6 dicas para não ter mais esse problema.

Um problema muito comum em estratégias de e-mail marketing é a sinalização dos e-mails como spam. Como um número grande de e-mails são enviados de uma só vez, muitos servidores vêem aquilo como ação de spam (mesmo não sendo) e assim os e-mails caem no lixo eletrônico e deixam de ser visualizados pelas maiorias dos destinatários.

A importância do e-mail marketing nas estratégias de publicidade é inegável e a construção de uma lista de e-mails é um dos caminhos mais indicados para criar e fidelizar a sua audiência.

Esta é, sem dúvidas, uma maneira extremamente eficaz de gerar conversões e aumentar os resultados da sua agência. Contudo, se feita de forma incorreta, e os e-mails forem sinalizados como spam, isso pode trazer resultados desastrosos para a estratégia de marketing.

Se você tem esse problema, pode ficar tranquilo! Existem diversas práticas que podem evitar que os e-mails caiam na caixa de spam e neste artigo vamos te apresentar 6 dicas para nunca mais ter e-mails marcados como spam. Ficou curioso?

Então se prepare, pois vamos adentrar nos mistérios dos filtros anti-spam e entender como você pode livrar seus e-mails dessa armadilha!

Dica 1. Envie somente para quem escolheu receber seus e-mails ?‍♂️

Infelizmente ainda existem pessoas cometendo o erro gravíssimo de enviar e-mails publicitários para listas compradas.

Essa prática é extremamente nociva tanto para quem envia quanto para quem recebe, sendo bastante comum vê-la sendo utilizada por pessoas que não conhecem seus efeitos negativos.

Afinal, quem compra uma lista de e-mails e envia mensagens publicitárias para essa lista está cometendo uma série de erros que podem ser desastrosos.

Em práticas como essa, a pessoa está literalmente fazendo spam (enviando e-mails publicitários sem autorização do destinatário) e fatalmente terá seu domínio e IP incluídos nas famosas blacklists, que são listas negras das quais é bem difícil sair!

Terrível, né?

Fazendo isso, seus e-mails cairão na caixa de spam das pessoas, afinal eles são SPAM! Isso ocorre porque os destinatários denunciam esses e-mails não autorizados, sinalizando a prática abusiva aos servidores.

Inclusive, algumas listas possuem e-mails-isca para os servidores detectarem spam. O resultado disso é que todas as suas mensagens cairão na caixa de spam, os e-mails não serão abertos e você perderá credibilidade.

Além disso, você estará comprando e-mails de origem duvidosa, sem garantias de que eles são válidos ou se são do nicho do seu público alvo.

Essa prática é negativa em todos os aspectos e não deve ser seguida. Sua credibilidade é muito valiosa para ser destruída desse jeito, por isso priorize a construção da sua própria lista de e-mails.

Então, não envie e-mails para quem não autorizou. Senão, é Spam na certa.

Dica 2. Não envie muitos e-mails de uma vez ?

Seja qual for o tamanho da sua lista, tenha cuidado com o envio de e-mails para muitos destinatários de uma única vez.

O envio de muitos e-mails de uma só vez pode causar sobrecarga no seu servidor.

A outra razão é que isso pode causar a sinalização do e-mail como spam, por isso prefira enviar os e-mails somente para uma parcela dos destinatários dentro de um período de tempo, limitando os envios por hora.

Fazendo isso você manterá um volume de envios consistente, evitando que seus e-mails sejam sinalizados incorretamente como spam.

O número de envios poderá aumentar conforme você vai “aquecendo” seu IP e ganhando a confiança perante os servidores de e-mail.

Um bom limite inicial seria de 5% dos destinatários por vez, dependendo do tamanho da sua lista e das capacidades do servidor.

Esses números precisam ser ajustados de acordo com a sua realidade e necessidades, sendo algo de escolha extremamente pessoal.

Dica extra: uma saída para o envio massivo de e-mails de uma só vez é contratar serviços de gateway.

Dica 3. Cuidado com a frequência de envios para cada destinatário ?

Evite exagerar na frequência de envios para cada destinatário.

Entenda que seus envios são uma forma de manter relacionamento com a audiência e por se tratar de uma relação, evite que ela seja abusiva!

Portanto, opte por manter uma frequência regular de envio para cada destinatário e evite duplicatas.

Revise o texto do e-mail antes de realizar os disparos para evitar a necessidade do envio de e-mails de correção.

Isso é muito prejudicial para a sua imagem e pode arruinar sua relação com a audiência.

O respeito ao destinatário e a frequência regular de envios com conteúdos relevantes são práticas que lhe ajudarão a conquistar a confiança dos clientes.

Dica 4. Utilize hospedagem e ferramentas profissionais ?

A utilização de uma boa hospedagem é primordial para ganhar a confiança da audiência e dos servidores de e-mail, além de assegurar que seu site estará no ar sempre que você efetuar os disparos de e-mail.

Já pensou se você faz aquela campanha super elaborada e quando a audiência clica no link informado, se depara com o site fora do ar? Super tenso!

E-mails de hospedagens compartilhadas podem ser identificados como spam mesmo que você faça tudo direito, pois seu site estará dividindo o mesmo IP com centenas de outros sites!

Basta que um único deles faça besteira e você pagará por isso sem merecer. Que injustiça, né? Para evitar isso você pode utilizar uma hospedagem Cloud Server!

Com uma hospedagem de alto nível, a sua empresa terá a garantia de que seu site estará no ar sempre que a audiência clicar em algo.

Além disso, você terá uma hospedagem limpa, bem vista pelos servidores e responderá somente pelas suas próprias ações. É incrível como muita gente negligencia esse ponto vital para não cair na caixa de spam!

Além de uma boa hospedagem, é recomendado que você utilize ferramentas profissionais de automação de marketing, como o Mautic, que oferece diversos recursos e funcionalidades, além do melhor: é GRATUITO.

Quer testar uma hospedagem profissional! Crie sua conta grátis!


Links úteis!

E se você ainda tem dúvidas sobre o poder do E-mail Marketing, escrevemos um artigo especial falando apenas sobre essa estratégia. Clique aqui!

E neste artigo aqui falamos sobre 5 hacks simples para aumentar a taxa de abertura dos seus e-mails.


Dica 5. Cuide dos aspectos internos dos seus e-mails ?

Agora vamos falar das partes internas do e-mail, pois elas são vitais para evitar a sinalização como spam.

Em primeiro lugar, ofereça sempre a opção do usuário se descadastrar da sua lista.

Essa é uma boa prática que diminui as chances do destinatário te denunciar como spammer caso não tenha interesse nas suas mensagens.

Tome cuidado com o endereço de e-mail que você usa no remetente, evite utilizar nomes confusos e obscuros com muitos números.

Além disso, evite aquele famoso “não-responda”, ofereça a possibilidade do destinatário responder ao e-mail. Comunicação é a chave para resolução de conflitos e quanto menos conflitos, menores são as chances de sinalizações de spam.

Tome cuidado com o assunto do e-mail, não coloque aquelas frases clichês que os spammers costumam utilizar.

A utilização de uma palavra “suspeita” pode impedir que seu e-mail passe pelos filtros anti-spam dos servidores de e-mail. Prefira preencher o campo assunto com um título criativo e relevante para o usuário.

Dica 6. Use HTML e evite o excesso de imagens e Gifs ?

Uma boa formatação é essencial para passar mais credibilidade em seu e-mail, tanto para o usuário quanto para os filtros de spam.

Para isso, formate o conteúdo do e-mail com tags HTML otimizadas e sem exageros, de forma que o texto fique legível e agradável de ler.

Tome muito cuidado com os links quebrados, que além de causar a perda de visitas dos usuários que clicarem no CTA (Call to Action ou Chamada para Ação), aparentam desleixo e amadorismo de quem envia.

Além disso, eles podem ser interpretados de maneira negativa pelos filtros anti-spam. Verifique cada parte do conteúdo antes de disparar o e-mail!

Também tenha precaução com imagens e gifs, pois a maioria dos filtros anti-spam vai bloquear e-mails que contém somente uma imagem no corpo do e-mail.

Além disso, colocar imagens e gifs em demasia pode fazer com que seu e-mail seja interpretado como spam.

Conclusão

As boas práticas de prevenção para que seus e-mails não caiam na caixa de spam começam por uma boa hospedagem, passam pelas ferramentas profissionais e terminam no conteúdo que você entrega.

Não se deve negligenciar nenhum desses pontos para que você ganhe a confiança dos clientes e dos servidores de e-mail.

Mesmo cuidando do conteúdo e fazendo tudo certo, o sucesso do seu e-mail marketing dependerá da qualidade da hospedagem utilizada.

Prefira uma de qualidade para assegurar que os resultados sejam os planejados, por isso opte por um Cloud Server.

Afinal, a espinha dorsal dos resultados da sua campanha será o uso de uma hospedagem de alto nível.

Quer testar uma hospedagem profissional! Crie sua conta grátis!

Tiago Amaral

Tiago Amaral

Estudante de Publicidade e Propaganda. Apaixonado por escrita e redação, escreve e cria histórias desde sempre e se interessa por assuntos como futurismo, growth hacking e content marketing.

Read More
X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
E-mails na caixa de Spam nunca mais! Veja essas 6 dicas para não ter mais esse problema.
Share this