Plugins do Wordpress: minimize a perda de visitas com plugins lentos

O WordPress está entre os preferidos mundialmente pela facilidade de customização que proporciona ao usuário. Outro grande ponto a favor dessa ferramenta é que ele disponibiliza inúmeros plugins que permitem as mais diversas possibilidades de interação. Com apenas alguns cliques é possível ter dezenas deles instalados.

Entretanto, alguns plugins do WordPress podem causar lentidão no seu site ou blog, fazendo com que você perca visitas e até mesmo possíveis clientes — estudos comprovam que 40% dos usuários tendem a fechar páginas que não carregam dentro de 3 segundos.

Portanto, é importante ficar atento a essa séria característica que pode estar, de certa forma, prejudicando o seu negócio. Para evitar que você passe por esse tipo de problema, mostraremos o que deve ser feito para descobrir se algum dos seus plugins do WordPress está prejudicando a velocidade dele. Confira!

O que pode causar lentidão

Tenha em mente que quantidade não garante qualidade. Às vezes um número elevado de plugins pode causar o carregamento de scripts toda vez que as páginas são abertas. Esse fator, somado a plugins mal programados, incompatibilidade entre os próprios plugins e requisições elevadas ao servidor são uma combinação que leva à lentidão.

Leia também: 4 erros mais comuns que podem prejudicar o desempenho do seu site

Como identificar plugins do WordPress que estão lentos

Curiosamente, existe um plugin que tem a função de identificar e relatar o funcionamento de todos os outros plugins do seu site, chamado P3 (Plugin Performance Profiler).

Esta ferramenta basicamente identifica o impacto causado por todos os plugins que você tem em cada uma das páginas do seu site. Também mostra o tempo de carregamento do site sem plugins e o número de queries exigidas (requisições feitas ao banco de dados). O melhor é que é possível ter acesso a todos os relatórios de análise anteriores e comparar com os mais recentes.

A instalação desse plugin é feita como a de qualquer outro. Uma vez instalado, você pode solicitar o início de um escaneamento no botão "Start scan". Feito isso, é hora de analisar o relatório e tirar as melhores conclusões sobre o uso desses recursos.

Avalie bem se aquele plugin que mais pesa é mesmo necessário para seu site. Caso seja, busque uma maneira de fazer com que o uso dele seja otimizado. E, claro, faça uma limpeza nas ferramentas que você julga que não são tão necessárias assim.

Dicas extras

Algumas das soluções que você pode tomar para melhorar a velocidade do seu site são providências simples. Uma delas é sempre otimizar as imagens que você usa nos posts. Pode não parecer grande coisa, mas usar imagens de alta resolução para configurar posteriormente em tamanhos pequenos (por exemplo, usar uma imagem de 3000x2000 para um post de 640x360) pode exigir bastante do servidor.

Para isso, existem ferramentas online que fazem a otimização e o redimensionamento sem perda de qualidade. Uma delas é o Dynamic Drive, que inclusive é gratuita. Outra opção é utilizar o Photoshop na sua máquina mesmo, caso tenha ele instalado.

O uso de plugins do WordPress é certamente uma grande ajuda aos donos de sites e blogs, mas devem ser utilizados com conhecimento. É importante lembrar que a experiência do usuário ao visitar o seu site deve ser sempre a melhor possível. Só assim esse visitante retornará aos seus conteúdos futuramente.

Tem mais dúvidas sobre como otimizar seu site? Temos um ebook para ajudar:

1200x628 - FaceAds (56)

X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
Plugins do Wordpress: minimize a perda de visitas com plugins lentos
Share this