/ cloud server

4 motivos para migrar seu ecommerce para a nuvem

Para um negócio crescer com segurança, continuidade e escalabilidade, é necessário que todos os processos estejam funcionando muito bem — já que cada setor tem suas prioridades. Em se tratando de e-commerce, por exemplo, é primordial que o site ofereça uma experiência incrível para o usuário.

E para que isso ocorra perfeitamente, um servidor na nuvem tem uma série de diferenciais que podem fazer muita diferença no dia-a-dia do gestor de lojas virtuais.

Quer entender os motivos para migrar o seu e-commerce para Cloud Server? Então, continue lendo o nosso post de hoje!

Garantia de segurança

Um dos maiores questionamentos sobre o Cloud Computing é a respeito de possíveis falhas de garantia quando a questão é segurança dos dados hospedados em nuvem. Porém, esta afirmação pode ser considerada um mito, já que é possível afirmar tranquilamente que a hospedagem dos dados em nuvem é segura.

Primeiro, os fornecedores dos serviços devem ser consultados, conferindo-se os níveis de segurança oferecidos. Existem desde os mais simples, como a certificação SSL, que implica em uma análise prévia a respeito de possíveis vulnerabilidades no ambiente web analisado, até a utilização níveis avançados de segurança no servidor, que servem para bloqueio de ataques e que estão disponíveis em Cloud Servers Gerenciados.

Escalabilidade: pague pelo que precisa

Escalabilidade é um dos atributos mais interessantes do Cloud Computing. Diferente do modelo tradicional em que as empresas ficam presas a padrões rígidos de recursos como processamento e memória, você pode aumentar e diminuir os recursos de um servidor na nuvem de acordo com a demanda. Por exemplo, você pode aumentar o processador e a memória para um pico de visitas durante uma promoção da BlackFriday e logo após a campanha diminuir os recursos computacionais da loja.

Ou seja, independentemente do tamanho do seu e-commerce, é possível que apenas a quantidade necessária de dados seja utilizada, dentro de um tempo estipulado, contribuindo assim para a redução de custos.

Maior disponibilidade para focar no core business

Nos servidores tradicionais, caso a máquina em que o ecommerce esteja rodando pare de funcionar, o site imediatamente fica fora do ar enquanto é feita a manutenção do servidor.

Por uma característica própria da tecnologia, é mais improvável que um servidor Cloud Server fique indisponível porque o ecommerce está utilizando recursos de várias máquinas ao mesmo tempo. Assim, caso uma máquina física pare de funcionar, as outras máquinas do Data Center mantém o ecommerce funcionando.

Experiência do usuário

Servidores na nuvem tem um ótimo desempenho e esse ganho de desempenho vai influenciar diretamente suas visitas e vendas.

O primeiro motivo é SEO, o Google e outros mecanismos de busca priorizam sites com servidores rápidos nas primeiras posições da busca. Então, um servidor mais rápido pode render mais visitas sem precisar de muito esforço.

O segundo motivo é que uma página que não carrega em menos de quatro segundos pode reter menos clientes e gerar menos visitantes. O tempo gasto para abrir uma página é indispensável para o sucesso de um negócio online, no entanto, esse é um detalhe ignorado por muitos.

Pesquisas indicam que um delay de dois segundos durante uma transação online pode resultar em uma taxa de abandono de até 87%. Hoje, a maioria das pessoas abandona uma página pelo tempo necessário para abrir um conteúdo. Nesse cenário, além de um bom servidor, desenvolvedores web devem trabalhar para tornar páginas mais eficientes, com menos requisições e velocidade de carregamento menor.

X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
4 motivos para migrar seu ecommerce para a nuvem
Share this