/ marketing digital

5 Dicas para criar Landing Pages que CONVERTEM

Landing Pages são um recurso bastante utilizado no Marketing Digital e com certeza você já deve ter visto esse termo em diversos lugares.

Sua popularidade é enorme e não poderia ser diferente, pois ela é vital para conseguir conversões e aumentar suas vendas!

A landing page consiste basicamente em uma página que traz uma oferta para o visitante com um objetivo bem claro: transformar esse visitante em cliente!

Ou seja, gerar conversão de visitantes em leads. Legal né?

Mas antes de entrarmos de cabeça vamos fazer um resumo bem rápido dos termos utilizados nesse artigo, pois eles serão muito úteis para sua compreensão:

Em tradução literal, Landing Page significa “página de aterrissagem”, sendo basicamente uma página do seu site especialmente dedicada ao processo de apresentação de um produto e conversão.

Logo, ela é basicamente uma porta de entrada que dá início à relação entre o visitante e o seu produto ou serviço, buscando transformá-lo em lead.

No marketing digital, o “lead” é um potencial consumidor que demonstrou interesse no seu produto ou serviço.

Sendo a conversão o objetivo final da landing page, percebemos a enorme importância dela e podemos observar que se você tem uma landing page que não converte, potenciais clientes são perdidos e suas vendas são prejudicadas.

Para te ajudar a criar landing pages que convertem, apresentamos algumas dicas que irão lhe ajudar nesse processo!

1 - Seja claro e objetivo 🎯

A distração do usuário é um dos erros que mais deve ser evitado.

Exponha o produto de maneira clara, com títulos objetivos e com informações que realmente sejam necessárias para o visitante.

Os títulos e textos devem ser muito bem trabalhados, passando a mensagem sem confundir ou entediar o visitante. Afinal, ninguém gosta de se sentir confuso, né?

Portanto, não dê muitas opções de navegação.

O ideal é manter o usuário o máximo de tempo dentro da página, evitando que ele saia sem ter visto os detalhes que realmente importam.

As informações devem ser objetivas, mostrando claramente do que se trata o produto, a quem ele se destina e quais problemas podem ser solucionados por ele.

Mesmo sendo importante expor o produto o máximo possível, você ainda precisará de espaços, harmonia no layout e boa diagramação. Isso evita que seu visitante se sinta confuso e sobrecarregado por causa de um conteúdo muito denso e elementos exagerados que gerem distração.

2 - Foque na solução

Para que sua landing page converta adequadamente, ela deve oferecer soluções ao visitante, pois o cliente não compra o produto em si.

Ele sempre compra pensando na utilidade do produto e nos benefícios e soluções que o item é capaz de trazer para sua vida.

Sendo assim, foque sempre na solução dos problemas que o cliente possa estar enfrentando, deixe bem claro como aquele produto pode ajudar a solucionar suas dores e o quanto ele pode melhorar a vida do usuário.

Para que isso seja mais efetivo, analise seu público alvo e conheça-o por vários ângulos de forma que você possa antecipar suas dúvidas, dores, medos e desejos.

Na elaboração de um produto e na criação de uma campanha de marketing digital, conhecimento é literalmente um sinônimo de poder!

3 - Instigue o cliente

Lembre-se que os instintos humanos são poderosos demais para serem negligenciados.

Portanto, numa Landing Page, você precisa gerar respostas emocionais que sejam benéficas para sua estratégia de marketing, conseguindo atrair a atenção do visitante de uma maneira quase instintiva.

Elementos como contadores de tempo (demarcando quanto tempo vai levar para a oferta acabar) são um ótimo exemplo do uso das emoções do visitante para aumentar as chances de conversão.

Descontos, quebras de padrão e outros elementos que dirijam as ações do visitante de forma benéfica a sua estratégia são sempre bem vindos.

Brinque com a curiosidade do cliente, fazendo chamadas criativas que consigam atrair a atenção dele.

Obviamente você deve utilizar as emoções do cliente de maneira muito bem calculada, com bastante equilíbrio, responsabilidade e naturalidade.

Evite utilizar frases batidas ou abusar desses elementos, pois isso pode acabar gerando um efeito contrário no visitante.

Naturalidade e originalidade são as chaves destas estratégias!

4 - Atente-se ao CTA (Chamada para Ação)

Em uma landing page, o objetivo pode ser vender um produto ou capturar leads, certo?

Para que isso aconteça você precisa que o usuário clique em algum link, preencha algum formulário ou clique em algum botão de comprar.

Logo, sem ação por parte do usuário você não consegue conversões, né?

O CTA (Call-to-Action, em português conhecido como Chamada para Ação) é qualquer tipo de chamada para a ação por parte do usuário.

Pedidos de compartilhamento de uma página nas redes sociais, uma frase orientando o visitante a preencher uma newsletter ou até mesmo um botão no estilo “Comprar agora” são tipos de CTA.

Um CTA bem planejado e posicionado pode ser o principal responsável pela conversão!

5 - Esteja em constante evolução - Faça testes!

Uma vez que você finaliza a sua landing page, não pense que o trabalho acabou por aí!

Efetuar testes é uma das maneiras mais eficazes de aumentar sua taxa de conversão e seus resultados em geral.

Mesmo que uma landing page tenha sido construída pensando sempre na excelência, ela sempre terá algum ponto a ser melhorado.

Testes A/B e avaliações de performance são essenciais para otimizar seus resultados e não devem ser negligenciados. A mudança de posicionamento do CTA ou uma simples alteração na cor de um botão podem aumentar a taxa de conversão.

O ideal é fazer mudanças de uma maneira científica, uma por vez e analisando os dados para ver se ocorreu um impacto estatístico positivo, negativo ou neutro.

Lembre-se sempre que a evolução é uma constante na natureza, portanto esteja sempre buscando-a!

Conclusão

A criação de landing pages que convertem começa com um bom planejamento e conhecimento profundo do seu público alvo.

Depois, ela passa por técnicas de marketing que otimizam e direcionam as reações do visitante rumo à conversão e continua no constante trabalho de melhoria e evolução de suas estratégias.

Utilizando todas estas dicas com certeza você estará mais preparado na criação de landing pages que convertem. Logo, poderá continuar sua evolução rumo a resultados cada vez melhores!

Para que uma landing page seja um sucesso de conversão, você precisa também de um servidor de qualidade. Afinal você não quer que sua página seja lenta ou esteja fora do ar no momento em que o seu potencial cliente acessá-la, não é mesmo? A Configr pode te ajudar nessa questão, clique aqui e veja como!

Tiago Amaral

Tiago Amaral

Estudante de Publicidade e Propaganda. Apaixonado por escrita e redação, escreve e cria histórias desde sempre e se interessa por assuntos como futurismo, growth hacking e content marketing.

Read More
X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
5 Dicas para criar Landing Pages que CONVERTEM
Share this