/ funil de vendas

Como fazer campanhas de remarketing efetivas

Muitas empresas ainda não utilizam o remarketing por acreditarem ser algo muito complexo. 

Na realidade, esse é um medo pouco plausível, pois criar campanhas de remarketing não é difícil e ainda pode gerar resultados excelentes para a marca, sejam eles de branding, cadastros ou conversões!

Afinal, essa é uma técnica muito efetiva para impactar usuários que já interagiram com a sua organização de alguma forma.
Com apenas alguns cliques você consegue criar campanhas no Google Ads, Facebook Ads, LinkedIn Ads e diversos “outros Ads” que conectem o seu negócio ao seu público.

Com tantas vantagens assim, não poderíamos deixar de selecionar algumas dicas sobre o assunto para te ajudar.
Então continue lendo este artigo e descubra os tipos de campanhas de remarketing que são realmente efetivos!
Remarketing clássico

O remarketing clássico é bem simples e funcional: basta impactar quem visitou algum dos seus canais (como o site, redes sociais, Youtube etc).

Ou seja, todas as pessoas que entraram em contato com a sua marca continuarão a ser impactadas por anúncios que levem a algum objetivo específico.

Nesse caso, você pode criar diversas táticas para envolver o cliente.
É possível fazer campanhas de branding a partir de anúncios que “apenas” lembrem a marca, levar o consumidor à compra de algum produto ou a alguma landing page que capte e-mails para uma lista de e-mail marketing... o céu é o limite!
Remarketing de carrinho abandonado

Outra tática muito comum é a do uso do remarketing com clientes que abandonaram o carrinho virtual de compras. 

Nela, o desenvolvedor do site colocará um pixel ou tag no carrinho de compras que rastreará todas as pessoas que chegaram até ali.

Depois, basta colocar outra linha de código no checkout e conferir quais passaram pelo carrinho, mas não pelo checkout.

Sendo assim, você conseguirá analisar quem colocou produtos no carrinho, mas não fecharam a compra, ou seja, abandonaram o carrinho! Legal, né?
Mas ok, o que fazer com essa informação?

Bem, a partir daí, a sua empresa pode atuar de diversas formas.

Uma das mais comuns é a de simplesmente relembrar sobre o carrinho abandonado nos anúncios.

Outras marcas oferecem descontos para que o cliente volte à loja e finalize o processo.
Indo mais a fundo, existem técnicas ainda mais assertivas para envolver o cliente e conseguir o fechamento da compra.

Você pode, por exemplo, segmentar essas pessoas em uma lista de e-mails e fazer disparos oferecendo cupons de desconto válidos para aquela compra, oferecer frete grátis ou até mesmo um combo de produtos similares ao que foi abandonado.
Lembre-se que o email marketing é uma das técnicas que mais dá resultados, então utilizar o remarketing dessa forma pode ser ótimo!

Por fim, uma dica extra: saindo do âmbito do remarketing virtual, a sua equipe de vendas também pode entrar em ação!

Principalmente se a sua empresa vende itens de alto valor, ter um atendente que entre em contato com aquele cliente que abandonou o carrinho pode ser o fator chave de uma conversão.

Afinal, o SAC pode descobrir o motivo da desistência e a partir daí sanar dúvidas, oferecer descontos ou pacotes vantajosos, mais atrativos etc.

Remarketing de seção de produtos
Como dito anteriormente, você pode criar pacotes de vendas de produtos, certo?
Então que tal fazer esse tipo de ação ao impactar pessoas que entraram em uma determinada seção de produtos?

Por exemplo, imagine que você gerencie um e-commerce que trabalhe com produtos de casa em geral. 

Digamos que uma pessoa entrou na seção de cozinha e ficou bastante tempo por lá, seja olhando facas, potes, panelas ou quaisquer outros produtos.
Será que ela não estaria interessada em produtos desse nicho?
Você pode formular diversas hipóteses e atacar esse público com anúncios altamente direcionados.
Novamente, existem estratégias padrão como simplesmente relembrar sobre a seção de produtos, mas também é possível abordar diretamente as emoções do consumidor.
Por exemplo, se uma pessoa está comprando esse tipo de produto, é muito provável que ela tenha acabado de se mudar ou aumentado a cozinha, né?
Então que tal criar uma chamada como “renove sua cozinha!” ou “compre produtos para a sua nova casa!”.
Lembre-se que o remarketing não é apenas uma técnica mecânica, pois ela também pode ser emocional!
Pense como as marcas grandes e fuja dos anúncios genéricos. Seja original!
Remarketing de marca

Seu e-commerce trabalha com várias marcas? 

Então, seguindo a mesma lógica do remarketing anterior, você pode atuar com a venda de pacotes para alguém que visite bastante a seção de uma determinada marca.

Outra opção válida é oferecer cupons de desconto para aquela marca, o que pode aumentar o engajamento e a conversão dos clientes. 

Além disso, diversas promoções especiais podem ser criadas para esse público altamente segmentado!

Remarketing de jornada de compras
Uma última sacada muito legal também é a de trabalhar com o remarketing baseado no funil de vendas.

Afinal, pense conosco, nem todos os visitantes das suas redes estão altamente engajados para comprar seus produtos, certo?
Vale a pena refletir: será que as suas ações de remarketing estão atingindo o público certo?

Pensando em atingir apenas o conjunto ideal de pessoas, você pode fazer uma tática muito legal no Facebook Ads. 

Ela consiste em, basicamente, rastrear todas as pessoas que entram no seu site nos últimos 30 dias e “ultra segmentar” de acordo com o público alvo perfeito para a conversão.

Num exemplo, imagine que o público da sua empresa seja composto por mulheres que comprem vestidos de noiva. 

Você pode capturar essa primeira segmentação básica de visitantes do site e depois filtrar para mulheres de x a y anos, com renda relativa ao valor do vestido, que morem apenas nos locais onde o seu e-commerce entrega e que irão casar em breve (o Facebook Ads oferece essa opção!).

Assim, seu anúncio será exibido apenas para essa pequena parcela de pessoas que acessa seu site. 

No entanto, tenha certeza: ele será muito mais assertivo, afinal, excluirá diversas pessoas que são apenas curiosas.

Viu como o remarketing pode ser uma ótima tática para alcançar os objetivos da sua empresa? 

Saia da caixa, faça muitos testes e pense no remarketing como um forte aliado para impulsionar seus resultados.

Agora é a hora de colocar a mão na massa e comprovar por si mesmo a força dessa técnica!

alex-medeiros

alex-medeiros

Apaixonado por comunicação e marketing digital, criatividade e inovação. CMO na Configr e mestrando na FCSH.

Read More
X

Cansado de perder tempo configurando servidores?

Com a Configr você tem tudo o que precisa para hospedar seus sites e aplicações de forma fácil, segura e automatizada.

Quero migrar meus sites
Como fazer campanhas de remarketing efetivas
Share this