PHP7 - Tecnologias — Configr
Configr Configr

Instale facilmente seu PHP7

utilizando hospedagem em Cloud Server

Comece agora

Por que usar PHP7 na Configr

Alta performance

Seu PHP 7 configurado automaticamente com as melhores práticas do mercado. Tudo voltado para a otimização. Cache, nginx, php7 e muito mais.

Otimização de SEO

Cache de recursos estáticos, ótimo desempenho, redirecionamentos 301, https.

Segurança reforçada

Unimos todas as melhores definições de seguranças especificamente para PHP7.

O que o PHP7 pode oferecer

Use seu domínio Próprio

Você vai poder ter seu website no seu próprio domínio. Nada de domínios temporários ou com domínios de plataformas de terceiros.

Simples e Rápido

Seu design fácil e inteligente permite que o usuário tenha a melhor experiência e interação com produtos e serviços.

Adicione funcionalidades

Conte com inúmeros plugins que permitem as mais diversas possibilidades de interação.

Pronto para começar?

Em poucos minutos você tem seu website funcionando no seu Cloud Server profissional e sem a necessidade de configuração. Teste grátis por até 9 dias!

Grátis por até 9 dias

Conheça gratuitamente nossa plataforma sem precisar de cartão!

Sobre o PHP7

Já falamos anteriormente sobre PHP e em como a linguagem evoluiu desde sua fundação, em 1994, até os dias de hoje, quando é usada por 80% dos sites da internet. PHP é utilizado, por exemplo, pelos maiores sistemas de gerenciamento de conteúdo do mundo, como WordPress, Drupal, Joomla e Magento. Apesar de todo o avanço do mundo mobile, ela continua sendo uma das alternativas mais poderosas para aqueles que querem aprender a programar para a web.

Entre 2014 e 2015, uma nova versão da poderosa linguagem começou a ser desenvolvida. A criação do PHP7 se iniciou através de testes que buscavam otimizar a performance da linguagem através do uso de estruturas de dados compactas. Em testes realizados na plataforma WordPress, os desenvolvedores viram que as mudanças feitas haviam aumentado a performance das unidades testadas em quase 100%.

Os desenvolvedores decidiram então que as mudanças eram significativas demais para que fossem tratadas apenas como mais uma fase da versão anterior. Assim, em 2015 foi lançado o PHP 7, a primeira nova versão da linguagem desde 2004. O lançamento de uma nova versão após 11 anos não significa, no entanto, que o PHP estagnou. Diversas atualizações e novas funcionalidades foram sendo adicionadas nos últimos anos.

Logo após o seu lançamento, o PHP 7 chamou atenção por sua alta performance e números muito superiores de desempenho em relação às suas versões anteriores. As principais mudanças em relação à versão anterior dizem respeito às explosivas melhorias de performance, as reduções drásticas de consumo de memória e novas ferramentas adicionadas à linguagem. As melhorias de desempenho significam, em última instância, a oportunidade a programadores em servir usuários sem que precisem adicionar um novo hardware para isso.

Um dos avanços mais importantes do PHP 7 tem a ver com a velocidade. O código da linguagem foi reestruturado visando reduzir o consumo de memória e a melhoria de performance. Testes realizados em sistemas de gerenciamento de conteúdos (WordPress e Drupal) nos quais se comparou o PHP 7 com a versão antiga da linguagem, mostram que a nova versão é significantemente mais rápida que a anterior. Outra mudança que vale menção diz respeito às Declarações de Tipo, já que no PHP 7 foram adicionadas novos tipos de declaração, como a Scalar Type Declaration e a Return Type Declaration. Uma das mais festejadas novas ferramentas adicionadas à nova versão do PHP tem a ver com os Tratamentos de Erro. Com o novo sistema de tratamentos de erro, quando um erro ocorrer, uma exceção pode entrar em voga, ao invés do script inteiro parar. Outra novidade refere-se aos novos operadores. O Spaceship Operator serve para comparar dois valores, trazendo três valores diferentes a partir disso. O Null Coalesce Operator, por sua vez, retorna um entre dois operadores. Por último, outra novidade bastante relevante refere-se às funções CSPRNG (sigla em português para Gerador de número pseudo-aleatório criptograficamente seguro), onde duas novas funções foram adicionadas. A Random Bytes retorna um número de bytes, enquanto a Random Integers retorna um número inteiro, dentro do mínimo e máximo declarados pelo programador.

O lançamento de uma nova versão da linguagem web mais famosa do mundo trouxe novos ares à comunidade de desenvolvedores web. Mesmo com todo o sucesso já conhecido, a linguagem trouxe novas funcionalidades buscando ser mais rápida, segura e adaptada às novas demandas.

Pronto para começar?

Em poucos minutos você tem seu website funcionando no seu Cloud Server profissional e sem a necessidade de configuração. Teste grátis por até 9 dias!

Grátis por até 9 dias

Conheça gratuitamente nossa plataforma sem precisar de cartão!